Estudo da Gramática: Regência Verbal

Estudo da Gramática: Regência Verbal

A regência verbal é um tópico importantíssimo da gramática normativa. É exaustivamente cobrado nos concursos públicos e essencial para uma comunicação eficaz.

Esse post está em construção ainda, mas já conta com um conteúdo considerável. Com o tempo, será revisado (mais uma vez) e ampliado.

 

1. Verbo Abraçar

Transitivo Direto

i. Cingir, apertar com os braços
ii. Adotar, seguir, escolher

A mãe abraçou o filho mais novo.
Quando ele encontrou o amigo, abraçou-o fortemente.

O advogado abraçou a causa com fervor.
Os povos bárbaros abraçaram o cristianismo.

Transitivo Indireto

i. ABRAÇAR-SE (Pronominal) – Preposição “A, EM, COM, CONTRA”

A filha se abraçou à mãe.
A filha se abraçou na mãe.
A filha se abraçou com a mãe.
A filha se abraçou contra a mãe.


2. Verbo Agradar

Transitivo Direto

i. Acariciar, acarinhar, fazer carinho

A mãe agradava o filho com as mãos calorosas.
A noiva agradava o noivo com carinho.
A menina agradava o cãozinho sempre que chegava em casa.

Transitivo Indireto

i. Preposição “A”: Satistazer, contentar, fazer agrado a

Os bares da cidade agradam aos turistas.
Essas palavras não lhe agradam mais.
“Agradava-lhe também muito a vizinhança, aquela doce quietação de subúrbio adormecido ao sol” (Eça de Queiroz)


3. Verbo Agradecer

Transitivo Direto

i. Quando o OBJETO for COISA (Objeto Direto)

Agradecemos os presentes.
O diretor da empresa agradeceu o apoio que recebeu naquela hora difícil.

Transitivo Indireto

i. Preposição “A”: Quando o OBJETO for PESSOA (Objeto Indireto)

Agradecemos aos convidados.
O diretor da empresa agradeceu aos funcionários o apoio que recebeu naquela hora difícil.

Transitivo Direto e Indireto

i. Preposição “A”: Quando o OBJETO DIRETO for COISA e o OBJETO INDIRETO for PESSOA

Agradecemos os presentes aos convidados.
O diretor da empresa agradeceu o apoio aos funcionarios.


4. Ajudar

Transitivo Direto

i. Auxiliar, prestar ajuda

João sempre ajudou os mais próximos da família.
Após o acidente todos vieram ajudá-lo.

Transitivo Direto

i. Quando seguir a ESTRUTURA:
➢ VERBO AJUDAR + PREPOSIÇÃO “A” + VERBO INTRANSITIVO NO INFINITIVO DI

Ninguém o ajudou a sair do buraco.
Se eu o ajudar a viver melhor, será que ele me entenderá.

Transitivo Direto ou Transitivo Indireto

ii. Quando seguir a ESTRUTURA:
➢ VERBO AJUDAR + PREPOSIÇÃO “A” + VERBO TRANSITIVO NO INFINITIVO

Eu sempre o ajudei a comprar os produtos de que precisava.
Ajudaram-lhes a guardar as roupas limpas.


5. Verbo Aspirar

Transitivo Direto

i. Respirar, solver ar, inalar

Naquela sala aspirar a poeira dos carpetes.
O perfume que aspiro traz-me boas recordações.
No período junino aspirava a fumaça das fogueiras.

Transitivo Indireto

i. Preposição “A”: Desejar, pretender, almejar.

Rejeita
Pronomes Pessoais Oblíquos LHE(S)
Aceita
Pronomes Pessoais Oblíquos A ELE(S), A ELAS(S)

Eu sempre aspirei ao cargo valorizado daquele órgão.
A oportunidade à qual ele aspirava finalmente chegou.
Jamais aspirei a estas honrarias.
Jamais aspirei a elas.


6. Verbo Assistir

Intransitivo

i. Preposição “EM”: Morar, residir
A médica já não assiste na Unimed.
A cidade em que ele assiste fica a poucos quilômetros da capital.

Transitivo Direto ou Transitivo Indireto

i. Preposição “A”: Ajudar, dar assistência, auxiliar, socorrer

Vários cidadãos assistiram os familiares afetadas pelo desastre.
Vários cidadãos assistiram aos familiares afetadas pelo desastre.
A lei assiste as viúvas
A lei assiste às viúvas.

Transitivo Indireto

i. Preposição “A”: Caber, pertencer direito, pertencer obrigação.

O direito de reclamar dos clientes mais exigentes não assiste ao dono do restaurante.
Este é um direito que assiste a todos os consumidores. (= assiste a eles)
A eles não devem assistir estas novas cláusulas.
Estas novas clausulas não devem assistir a eles.

Transitivo Indireto

i. Preposição “A”: Ver, presenciar, estar atendo a

Rejeita
Pronomes Pessoais Oblíquos LHE(S)
Aceita
Pronomes Pessoais Oblíquos A ELE(S), A ELAS(S)

Nunca assistir a um jogo de futebol
Nunca assisti a ele.
Ontem assistimos à inauguração da quadra de esportes.
A missa a que ela assistiu foi ministrada pelo Arcebispo.

QUESTÃO DE CONCURSO
Nessa acepção de “ver, presenciar, estar atento a” em que o verbo ASSISTIR é transitivo indireto regido pela preposição “A”, NÃO DEVE-SE CONFUNDÍ-LO COM OS VERBOS TRANSITIVOS DIRETOS ABAIXO:

• VER
• OLHAR
• OBSERVAR
• ENXERGAR
• ESPIAR
• ESPREITAR

Exemplos:
Passei a noite inteira lhe observando ( Construção ERRADA )
Passei a noite inteira o observando. ( Construção CORRETA )
Passei a noite inteira a observando. ( Construção CORRETA )


7. Verbo Atender

Transitivo Direto

i. Quando o complemento for pronome oblíquo ÁTONO. ( O, OS, A, AS )

O presidente atendeu os grevistas. → O presidente atendeu-os.
O presidente atendeu aos grevistas.

Transitivo Indireta

i. Preposição “A, EM, PARA”: Atentar, concentrar a atenção.

Faleceu porque não atendeu aos sintomas inicias da doença.
Ele sempre atendia para os conselhos dos mais velhos.

Transitivo Direto ou Transitivo Indireto

i. Dar atenção, prestar atenção, ser atencioso, cuidar, servir

Ele sempre atende os amigos em sua casa da praia.
Ele sempre atende aos amigos em sua casa da praia.
O melhor aluno da sala sempre atendia às explicações dos professores.
O melhor aluno da sala sempre atendia as explicações dos professores.
João sempre atende o telefone em seu escritório.
João sempre atende ao telefone em seu escritório.


8. Verbo Chamar

Transitivo Direto

i. Convocar, mandar vir

O diretor chamou os seus empregados para uma reunião de urgência.
Os meninos, chamei-os, mas não vieram.

QUESTÃO DE CONCURSO
Segundo o gramático Rodrigo Bezerra (pág. 578), alguns autores admite um objeto direto preposicionado (preposição “POR”) como um recurso de ênfase. Para ele, essa não é a melhor interpretação desse tema.

Transitivo Indireto

i. Invocar, clamar

Então, Moises chamou por Deus.
Chamei por ele naquele momento.

Transitivo Direto ou Transitivo Indireto

i. Apelidar, tachar, cognominar, alcunhar, qualificar

Chamaram-no de incompetente. → O predicativo do Objeto Direto pode vir ou não acompanhado de preposição
Chamaram-no incompetente.

Chamaram-lhe de incompetente. → O Predicativo do Objeto Indireto(caso raro) pode vir ou não acompanhado de preposição
Chamaram-lhe incompetente.

QUESTÃO DE CONCURSO
Única regência da Língua Portuguesa que admite um predicativo para um objeto indireto.


9.Verbo Chegar
Verbo ir
Verbo Dirigir-se (Preposicionado)

Intransitivo

i. Atingir um determinado lugar, deslocar-se para
♦ Preposição “EM”: Exige Adjunto Adverbial de Lugar

Os três rapazes chegaram à casa totalmente exaustos.
O aeroporto a que ele chegou estava com vários voos atrasados.
Aonde devo me dirigir para obter informações?
Todos devem ir à festa hoje à noite.

QUESTÃO DE CONCURSO
Atentem para as regras de regência do verbo chegar e do verbo ir:

LINGUAGEM COLOQUIAL (Construção Errada):

Verbo Chegar / Verbo Ir + Preposição “EM” + Adjunto Adv. Lugar

Parece que ele foi no banheiro.
Quando eu chegar em casa, tomarei banho.

LINGUAGEM FORMAL(Construção Errada):

Verbo Chegar / Verbo Ir + Preposição “A” + Adjunto Adv. Lugar

Parece que ele foi ao banheiro.
Quando eu chegar a casa, tomarei banho.

QUESTÃO DE CONCURSO
De acordo com a gramática normativa, o verbo IR deve atender as seguintes particularidades:

IR A: Deve ser usado quando deseja-se denotar a ideia de que não haverá demora, de que não se estabelecerá residência.

IR PARA: Deve ser usado quando deseja-se denotar a ideia de permanência definitiva, de estabelecer-se a residência no local.

QUESTÃO DE CONCURSO
Verbos Estáticos ( Morar, Residir, Habitar, Viver etc… ): Pedem a preposição “EM”.

Ele reside em uma velha casa. ( residir em )
Ele habita no Norte do país.

Verbos de Movimento ( Ir, Chegar, Dirigir-se ): Geralmente, exigem a preposição “A”:

Ninguém chegou a esta cidade ainda. ( chegar a )


10. Verbo Custar

Intransitivo

i. Ter Preço, ter valor, ter custo
♦ Normalmente, acompanhado de Adjunto Adverbial de Valor/Preço

A casa custou duzentos mil reais.
Este candelabro custou muito.

Transitivo Indireto

i. Preposição “A”: Ser custoso, ser difícil
♦ O sujeito será uma oração subordinada subjetiva, reduzida de infinitivo.

QUESTÃO DE CONCURSO
Atentem para as regras de regência do verbo chegar e do verbo ir:

CONSTRUÇÃO ERRADA

Os antigos custaram a aceitar que o homem foi à lua.

Muitos alunos custaram a entender a regência desse verbo.

CONSTRUÇÃO CORRETA

Custou aos antigos aceitar que o homem foi à lua.
Aceitar que o homem foi à lua custou aos antigos.

Custou aos muitos alunos entender a regência desse verbo.
Entender a regência desse verbo custou aos muitos alunos.

Já pensou quanto lhe custaria estudar vários anos para concursos?

Transitivo Direto e Indireto

i. Trazer como consequência, acarretar

A imprudência custou-lhe lágrimas amargas.
As vitórias custaram ao time meses e meses de treinamento.
11. Verbo Ensinar

Transitivo Direto
i. Educar, adestrar

Ele sempre ensinou as crianças pequenas.
Ele fazia o que sabia de melhor quando os ensinava.

Transitivo Direto e Indireto
i. Preposição “A”: Dar Instrução a, transmitir conhecimento a

Sempre ensinou tudo o que sabia aos meus pupilos.
Ele ensinava-lhes composições graves.

QUESTÃO DE CONCURSO
Quando a COISA ENSINADA for formada por PREPOSIÇÃO + INFINITIVO então admitem-se as seguintes construções.

Durante muito tempo, ele ensinou-os a caminhar com as próprias pernas.

Durante muito tempo, ele ensinou-lhes a caminhar com as próprias pernas.


12. Verbo Esquecer,
Verbo Lembrar

Transitivo Direto
i. Sair da lembrança, vir à lembrança.

Ele não esqueceu o acidente.
Não esqueça o meu amor por você.
Ele lembrou o meu aniversário na última hora.

Transitivo Indireto (Pronominal: Esquecer-se / Lembrar-se)
i. Preposição “DE”: Sair da lembrança, vir à lembrança.

Ele não se esqueceu do acidente.
Não se esqueça do meu amor por você.
Ele se lembrou do meu aniversário na última hora.

OBSERVAÇÃO
Os verbos esquecer e lembrar, quando TRANSITIVOS INDIRETOS PRONOMINAIS, trazem pronomes que acompanham o verbo e que não possuem função sintática. Esses pronomes são parte integrante do verbo.
Transitivo Indireto
i. Cair no esquecimento, vir à lembrança
 Essa regência é tida como culta, literária e pouco usual.

QUESTÃO DE CONCURSO
Perceba como passam a ser SUJEITO os termos que nas outras acepções (Transitivo Direto e Transitivo Indireto – Pronominal: Esquecer-se / Lembrar-se ) eram OBJETOS DIRETOS ou OBJETOS INDIRETOS.

Esqueceram-nos boa parte dos conselhos dados por nosso chefe.
VTI OI Sujeito
(Boa parte dos conselhos dados por nosso chefe caíram no nosso esquecimento.)
Lembraram-me das eleições passadas pelo professor de Direito.
VTI OI Sujeito
(Das eleições passadas pelo professor de Direito vieram a nossa lembrança.)


13. Verbo Haver

Intransitivo
i. HAVER-SE (Pronominal): Portar-se, proceder, comportar-se, sair-se bem, sair-se mal

Os candidatos não se houveram bem na prova.
A filha do prefeito sempre se havia de modo inconveniente nas festas.

Transitivo Direto
i. Existir, ocorrer, realizar-se (Impessoal, 3º pessoa do singular)
ii. Tempo decorrido (Impessoal, 3º pessoa do singular)
iii. Considerar, julgar
iv. Ter, possuir

Houve muitos aventureiros naquela cidade.
Não deveria haver tantas crianças presentes no evento.
Vai haver muitos inscritos no concurso.

Havia duas décadas que não ocorria este fenômeno.
Há duas horas espero pelo ônibus.

A justiça não houve a confissão do réu por verdadeira.
Os professores haviam-no como o melhor da turma.

Hajamos paz e o mundo certamente melhorará. (Hajamos = Tenhamos)
Se houvesses mais coragem, agirias de outra forma (Houvesses = Tivesses)

Transitivo Indireto
i. HAVER-SE (Pronominal) – Preposição “COM”: Ajustar as contas, entender-se, arranjar-se
ii. HAVER-SE (Pronominal) – Preposição “COM”: Deparar-se, lidar, tratar

Parece que ele já se houve com todos os credores.
Será complicado se tu não te houveres com aqueles que magoaste.

Sempre que chegava ao escritório, havia-se com a secretária do presidente. (Havia = Lidava com)
Quando estagiava, havia-se com crianças excepcionais.

Transitivo Direito e Indireto
i. Obter, conseguir

Os estudantes houveram da direção a autorização para o uso da quadra de esportes.
(Houveram = Obtiveram, Conseguiram)
Esses advogados houveram aquelas terras de quem?
(Houveram = Obtiveram, Conseguiram)


14. Verbo Implicar

Transitivo Direto
i. Ocasionar, trazer como consequência, acarretar

Suas atitudes implicaram sua demissão.
Viver implica riscos.
A liberdade sempre implicará responsabilidade.

O gramático Rodrigo Bezerra afirma: Hoje é plenamente aceito como correto, na acepção acima (Ocasionar, trazer como consequência, acarretar), a regência nova para o verbo IMPLICAR com transitivo indireto regido pela preposição “EM”.

Exemplos:
Casamento implica em responsabilidade.
Sua forma de jogar implicou em sua saída do time.

Transitivo Indireto
i. Preposição “COM”: Ter implicância com, Embirrar

Por que implicar com a sua sogra?
A pessoa com quem ele implicou tornou-se seu chefe.

Transitivo Direto e Indireto
i. Preposição “EM”: Envolver-se, comprometer-se, enredar-se, enranhar-se.

A CPI dos bingos implicou o ex-ministro em atividades criminosas.


15. Verbo Importar

Transitivo Direto
i. Fazer vir (mercadorias), trazer para dentro

Os noivos importaram óleos e essências naturais para usarem na lua de mel.
O Brasil importará inúmeros objetos fabricados na China.
Importemos mais esses produtos e menos aqueles.

Transitivo Indireto
i. Preposição “EM”: Atingir o custo de, redundar
ii. IMPORTAR-SE (Pronominal) – Preposição “COM”, “DE” ou “EM”: Dar importância, fazer caso

A construção da casa importou em vários milhões de dólares.
O total dos gastos importou em mil reais.

Transitivo Indireto ou Intransitivo
i. VTI – Preposição “A”: Ser importante, ser útil, ser necessário, ter importância

Que lhe importavam os rios? ( VTI: lhe = Objeto Indireto; os rios = Sujeito)
Pouco importavam a ela os móveis cobertos de poeira.( VTI: a ela = Objeto Indireto; os móveis cobertos de poeira = Sujeito)

Isso pouco importa; Agora estou satisfeito. (Importa = Verbo Intransitivo)

Transitivo Indireto ou Transitivo Direto
i. Preposição “EM”: Acarretar, implicar, resultar, trazer como consequência (Veja Implicar como VTD)

Sua imprudência importou em descrédito pessoal.
Toda restrição a imprensa importa em prejuízo para a sociedade.


16. Verbo Informar ( Alertar / Notificar / Avisar / Cientificar / Anunciar)

Transitivo Direto
i. Dar informações, dar notícias

Os jornais são o meio de comunicação que mais informa o público em geral.

Transitivo Direto e Indireto
i. Preposição “A, DE, SOBRE”: Comunicar, dar esclarecimento

Informar algo “A” alguém Informar alguém “DE” / “SOBRE” algo
OD OI OD OI

Nós sempre informamos sobre os problemas.
Nós sempre lhes informamos os problemas.
Avisaram ao dono do estabelecimento ontem à noite o assalto.
Avisaram o dono do estabelecimento ontem à noite do assalto.
Notificaram-lhe que a audiência será na próxima semana.
Notificaram-no de que a audiência será na próxima semana.
Se ele os alertasse do problema, talvez não tivéssemos tanto prejuízo.
Se ele os alertasse sobre problema, talvez não tivéssemos tanto prejuízo


17. Namorar

Transitivo Indireto
i. Preposição “COM”: Cortejar, galantear, requestar.

Ela namora com o prefeito da cidade.
A filha do prefeito, o Sr. Joaquim namorou-a durante muito tempo.
(O Sr. Joaquim namorou com ela.)


18. Verbo Necessitar

Transitivo Direto (caindo em desuso)
i. Ter necessidade, sentir necessidade

A ferramenta que ele necessitou estava em outra maleta.
A ajuda que ele sempre necessitou estava muito distante.

Transitivo Indireto (cada vez mais forte)
i. Ter necessidade, sentir necessidade

A ferramenta de que ele necessitou estava em outra maleta.
A ajuda que dele sempre necessitou estava muito distante.


19. Verbo Obedecer / Desobedecer

Transitivo Indireto
i. Preposição “A”: Obedecer / Desobedecer

Era um grande escritor pois as palavras sempre lhe obedeciam.
Nunca desobedeça às regras legais.
A pessoa a quem mais ele obedecia era a sua avó.


20. Verbo Pagar / Perdoar

Verbo Transitivo Direto
i. Objeto Direto: Coisa

Sempre paguei meus compromissos em dia.
A escola perdoou os juros.

Verbo Transitivo Indireto
i. Objeto Indireto: Pessoa

A empresa pagou ao credor.
Ele perdoou ao devedor.

Verbo Transitivo Direto e Indireto
i. Objeto Direto (coisa) + Objeto Indireto (pessoa): Preposição “A”

A empresa pagou o juros ao credor.
Ele perdoou-lhe a falta.
QUESTÃO DE CONCURSO
Muita atenção quando os verbos PAGAR/PERDOAR estiverem associados a um “SE”. Observe:

Não se perdoam erros cometidos propositalmente. (perdoam = VTD)
(Se = Partícula Apassivadora)
(erros cometidos propositalmente = Sujeito Paciente)

Não se perdoam aos erros cometidos propositalmente. (perdoam = VTI)
(Se = Índice de Indeterminação do Sujeito)
(aos erros cometidos propositalmente = Objeto Indireto)

As contas que se pagaram já foram remetidas para a contabilidade.
(Se = Partícula Apassivadora)
(pagaram = VTD)
(que = as contas = Sujeito Paciente)

As contas às quais se pagaram já foram remetidas para a contabilidade.
(Se = Índice de Indeterminação do Sujeito)
(às quais = As contas = Objeto Indireto)
O verbo PERDOAR admite VOZ PASSIVA
Eles foram perdoados pelo presidente da empresa


21. Verbo Precisar

Verbo Transitivo Direto
Marcar com precisão[determinar com precisão], estipular tempo.

Os noivos ainda não precisaram a data do casamento.
O Banco Central não precisou o montante de dinheiro roubado.

Verbo Transitivo Direto ou Verbo Transitivo Indireto
VTD: Ter precisão, carecer.
VTI: Preposição “DE”: Ter precisão, carecer.

Nunca mais ele precisou dinheiro
Nunca mais ele precisou de dinheiro
Os livros que ele precisava foram emprestados.
Os livros de que ele precisava foram emprestados.
Quem não tem farinha não precisa peneira.
Quem não tem farinha não precisa de peneira.


22. Verbo Preferir

Verbo Transitivo Direto
i. Optar, escolher

Entre arroz e macarrão, prefiro arroz.
Ele prefere que todos fiquem até o final de semana.

Verbo Transitivo Indireto
i. Preposição “A”: Dar preferência a, Gostar mais de, escolher ou querer antes

Ele prefere laranja a maçã.
Ele prefere a laranja à maçã.
Prefiro o dia à noite.
Eu prefiro que critiquem a que fiquem calados.
QUESTÃO DE CONCURSO
Muita atenção quando o verbo PREFERIR for transitivo direto e indireto, pois ele não admite a presença de termos identificadores já que a própria estrutura e semântica do verbo já indicam essa intensificação.

Todas as construções abaixo estão erradas, de acordo com a gramática normativa.

Prefiro antes comer frutas a beber suco.
Prefiro muito mais estudar do que trabalhar.
Ele prefere mil vezes arroz do que macarronada.
Eu prefiro correr do que andar devagar.


23. Verbo Proceder

Verbo Intransitivo
i. Ter fundamento, mostrar-se verdadeiro
ii. Comportar-se, portar-se, conduzir-se (+ Adj. Adv. de Modo)
iii. Originar-se, provir, derivar (+Adj. Adv. de Lugar)

Não procediam todas as acusações dela.
Como o boato não procedeu, ele foi desconsiderado por nós.

A filha do prefeito não procedeu bem na festa.
O senhor Joaquim não procedeu com honestidade.

O seu amigo procede de onde?
Este produto procede da Alemanhã.
A língua portuguesa procede do latim.

Verbo Transitivo Indireto
i. Preposição “A”: Dar início, principiar, começar, realizar

O TRE procedeu aos trabalhos de apuração.
O inquérito policial a que ele procedeu perfez 500 páginas.
A professora procedeu à chamada dos alunos às 14h.

QUESTÃO DE CONCURSO
Muita atenção quando o verbo PROCEDER for transitivo indireto:

Iniciaram-se os trabalhos de apuração dos votos.
(VTD) (se = Partícula Apassivadora) (os trabalhos de apuração dos votos = Sujeito Paciente)
Procedeu-se aos trabalhos de apuração dos votos.
(VTI) (se = Índice de Indeterminação dos Sujeito)
( aos trabalhos de apuração dos votos = Objeto Indireto)


24. Verbo Querer

Transitivo Direto
i. Ter, possuir, desejar, pretender

Ele sempre quis um carro novo.
Manoel sempre queria uma oportunidade.
Os seus país sempre o queriam feliz. (Os seus país sempre queriam ele feliz)
Os seus país sempre a queriam feliz. (Os seus país sempre queriam ela feliz)

Transitivo Indireto
i. Preposição “A”: Amar, gostar, ter afeto

Eu quero bem àquele sobrinho.
Ele tinha uma filha a quem muito queria.


25. Verbo Responder

Transitivo Indireto
i. Preposição “A”: dar a resposta, responder a uma carta, responder a uma pergunta

Filho, responda a todas as perguntas.
Ele fez uma série de perguntas a que não sei responder.
Se uma pessoa faz perguntas, devemos pontualmente responder a elas.

Transitivo Direto e Indireto
i. Preposição “A”: Responder alguma coisa a alguém.

Ele respondeu-lhe que aceitaria o contrato.
O professor responderá aos alunos as suas dúvidas.
Ele respondeu-me um grande sim. (me = a mim = Objeto Indireto)


26. Simpatizar / Antipatizar

Transitivo Indireto
i. Preposição “COM”: Ter ou sentir simpatia/antipatia, agradar-se/desagradar-se

Ele não antipatizou com seu chefe.
A pessoa com que ela simpatizava foi transferida.

➢ Observação: NÃO SÃO PRONOMINAIS!!!
✗ Construção errada: Ela não se simpatizou com os colegas.
✗ Construção errada: Eu me antipatizei logo com ela.


27. Verbo Suceder

Intransitivo
i. Ocorrer, acontecer, realizar-se

Sucedeu uma tremenda tromba d’agua durante a festa
Sucedeu que o novo governo não baixou os juros como era esperado.

Transitivo Indireto
i. Preposição “A”: Seguir-se, sobrevir

O dia sucede à noite.
Ao labor sucede o descanso.


28. Verbo Visar

Transitivo Direto
i. Mirar, olhar para.
ii. Rubricar, pôr o visto.

Vise o alvo bem antes de atirar.
A caça, visei-a com toda a minha precisão.

No banco, o gerente não visava os cheques de terceiros.
A diretoria visou os diplomas de todos os formados.

Transitivo Indireto
i. Desejar, pretender, ter em vista
 Não admite como objeto indireto o pronome oblíquo -LHE(S). Admite as formas analíticas tônicas A ELE(S), A ELA(S)

Ele visou ao bem de todos.
O cargo a que ele visou foi preenchido por outro empregado.
O presidente não visava a outro objetivo que não fosse o lucro da companhia.

Obs: Poucos autores defendem também ser aceitável ao verbo nessa acepção ser Transitivo Direto. Ex: Ele visou o bem de todos.

Observação Importante: Nessa acepção, quando o complemento do verbo visar for uma oração reduzida de infinitivo é frequente a SUPRESSÃO da preposição “A”.

O contra-ataque visava derrubar as primeiras linhas do exército inimigo.
(O contra-ataque visava a derrubar as primeiras linhas do exército inimigo)

Sempre visei alcançar objetivos difíceis para a maioria das pessoas.
(Sempre visei a alcançar objetivos difíceis para a maioria das pessoas)

 

Glossário

VI – Verbo Intransitivo
VTD – Verbo Transitivo Direto
VTI – Verbo Transitivo Indireto
OD – Objeto Direto
OI – Objeto Indireto

Bibliografia

1. BEZERRA, Rodrigo. Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo:Método, 2012. 5. ed. pg. 568-598.

2. MESQUITA, Roberto Melo. Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo:Saraiva, 1997. 6. ed. pg. 514-524

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s