Mês: junho 2011

Estudo da Gramática: Artigo

Bibliografia

MESQUITA, Roberto Melo. Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo:Saraiva, 1997. 6. ed. pg. 198-204

Gramatica - Roberto Melo Mesquita

1. Definição: É a palavra variável que serve para substantivar as palavras, caracterizando-as como seres determinados ou indeterminados e indicando-lhes gênero e número.

2. Classificação

I) Definidos: Caracterizam o ser entre outros da mesma espécie de modo preciso. (O, A, OS, AS).

II) Indefinidos: Caracterizam o ser de modo vago, genérico. Não indica qual seja este ser entre outros da mesma espécie. ( UM, UNS, UMA, UMAS)

Continuar lendo “Estudo da Gramática: Artigo”

Anúncios

Estudo da Gramática: Adjetivo

Bibliografia

MESQUITA, Roberto Melo. Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo:Saraiva, 1997. 6. ed. pg. 181-194

Gramatica - Roberto Melo Mesquita

1. Definição: É a palavra variável que modifica a compreensão do substantivo atribuindo-lhe um qualidade, estado, aspecto, modo de ser ou uma aparência exterior. Se a qualidade for considerada em si mesmo, independente do ser, teremos um substantivo abstrato e não um adjetivo.

  • Ex: A Borboleta Branca (adj.) <==> A Brancura (subst.abstr) da Borboleta.

2. Classificação

  • Primitivo: Dá origem a outras palavras.
  • Derivado: É formado a partir de outro adjetivo, substantivo ou verbo, por meio de afixos.
Adjetivo
Primitivo
Adjetivo
Derivado
Substantivo Verbo
Bom Bondoso Bondade  –
Rico Enriquecido Riqueza Enriquecer
Belo Embelezado Beleza Embelezar

Continuar lendo “Estudo da Gramática: Adjetivo”

Estudo da Gramática: Substantivo

Bibliografia

MESQUITA, Roberto Melo. Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo:Saraiva, 1997. 6. ed. pg. 159-180

Gramatica - Roberto Melo Mesquita

1. Definição: Palavra variável que designa seres, coisas, ações, fatos, sentimentos, estados, qualidades ou idéias em geral. Os substantivos nomeiam os seres em geral: animados, inanimados, reais, imaginários, concretos ou abstratos.

2. Classificação do Substantivo

  • Próprio: Nomeia um ser entre outros da mesma espécie. Ex.: Maria é bonita.
  • Comum: Designa o ser de uma maneira geral dentro da sua espécie. Ex.: O martelo está alí.
  • Concreto: Designa o ser que têm ou que pensamos ter subsistência própria, independente de outros seres. Ex.: Este não é o ano do dragão.
  • Abstrato: Não designa propriamente os seres, mas sensações, estados, ações ou qualidade dos seres. Ex.: A curiosidade e o conhecimento são os motores da humanidade.
  • Simples: São aqueles que apresentam um só elemento formador, ou seja, radical.  Ex.: A casa está vazia.
  • Composto: São aqueles formados por mais de um elemento formador, radical. Ex.: O surdo-mudo fará a prova.
  • Primitivo: Não resulta de outra palavra, servindo de base para formar outras. Podem dar origem a outras palavras. Ex.: O amor é cego.
  • Derivado: É aquele que se originou de outra palavra. Ex.: Ele é uma pessoa amorosa. (derivado:amorosa -> primitivo:amor)
  • Coletivo: É um substantivo comum que, mesmo no singular, representa uma coleção de seres da mesma espécie.
MAPA-MENTAL-SUBSTANTIVO-CLASSIFICACAO-COLETIVOS

Continuar lendo “Estudo da Gramática: Substantivo”

Estudo da Gramática: Pronome

Bibliografia

MESQUITA, Roberto Melo. Gramática da Língua Portuguesa . 6. ed. São Paulo:Saraiva, 1997. pg. 217-245

Gramatica - Roberto Melo Mesquita

1. Definição: Palavra variável que substitui o substantivo ou se refere a ele. Quando substitui o substantivo, chama-se pronome substantivo. Quando refere-se a ele, chama-se pronome adjetivo.

Os pronomes indicam as pessoas do discurso a que o substantivo se refere e situam-no no espaço.

As pessoas do discurso, também chamadas pessoas gramaticais, são três e apresentam-se no singular e no plural.

  • 1º pessoa: Aquela que fala (singular/plural): Eu / Nós
  • 2º pessoa: Com quem se fala(singular/plural): Tu / Vós
  • 3º pessoa: De quem se fala(singular/plural): Ele, Ela / Eles, Elas

Continuar lendo “Estudo da Gramática: Pronome”