IPad da Apple: Surpresa ou Decepção?

A princípio, quem não quer um IPad? Cheio de recursos, leve, prático. Estou a fim de comprar um. Quando penso no Preço, prefiro esperar um pouco mais. Quando penso nas limitações DRM, Itunes, etc, penso em desistir da compra mesmo. Será que se der algum problema, vou ter uma assistência técnica? Ou, a Apple não tem interesse em consertar esse aparelho(dificultando as coisas, para variar)?

Uma coisa sei: É muito Marketing !!! Tirando que até o meio do ano o produto (com Wifi e 3G) não estava credenciado pela ANATEL, era, portanto, passível de apreensão e pela dificuldade de achar o gadget, só vejo de bom, até agora, o marketing. Feito para deixar o ser humano com a impressão de que ele é especial, um ser humano “antenado” com a tecnologia, enfim, para justificar o que não se justifica: O preço deste produto no Brasil. O Comércio agradeçe e a ele peço desculpas. Agora, definitivamente, não é a melhor hora de comprar um IPad.

Outra Alternativa é o Kindle da Amazon. Sinceramente, se for tão barato assim só para ler livros e pdfs, acho que vale a pena. Obvio, se o objetivo for SOMENTE ler livros e PDFs. Uma coisa bacana é que dá pra ler até sob a luz do sol.

Embora a tenha encontrado no site da MacWorld, achei a notícia abaixo interessante. Informação é sempre boa, mesmo que com parcialidade. Vale a pena conferir.

“Se levarmos em conta a quantidade de hype que antecedeu no lançamento do , é difícil de acreditar que poderia haver alga grande surpresa já não anunciada aos quatro ventos pela Apple ou até mesmo que o aparelho pudesse corresponder à tantas expectativas.

Ainda assim, quando desembrulhamos nossos s, no último dia 3 de abril, e os usamos pelas três semanas seguintes, descobrimos prazeres inesperados, assim como recursos que nos fizeram pensar “Hmm….”.
Com o Wi-Fi se aproximando de seu primeiro no mercado – e os modelos habilitados para 3G prontos para chegar no final desta semana – aqui vai reso do que nos surpreendeu e do que nos desapontou no mais novo aparelho móvel da Apple.

Boas surpresas
Apesar da profunda impressão que os vídeos promocionais do aparelho nos causaram, era preciso ver (e tocar, mexer e tudo mais) para crer.

Super intuitivo: agora que os iPhones e iPod touches são lugar-com, é fácil se esquecer o quão natural foi o primeiro contato com a interface do iPhone. O , com sua superfície maior (e, deste modo, a natureza mais generosa quando o assunto é tocar e passar o dedo no lugar certo) pode parecer ainda mais natural (e certamente menos apertado) do que seus irmãos menores.

Alto-falante manda bem: a grata surpresa no foi a qualidade do alto-falante embutido. Aqueles acostados com o som do iPod touch (terrível) ou do iPhone (menos terrível) tinham pouca esperança na capacidade do novo aparelho produzir som, ainda que o sistema de som seja pouco barulhento e nem de perto tão pequeno como a maioria esperava.

movie4.jpg

O som pode ficar desajustado quando o aparelho é utilizado no modo paisagem

Dito isso, se tivesse que achar “defeito” no alto-falante, iria reclamar sobre ele só estar presente em lado. A sua porta está localizada na parte inferior do aparelho. Quando você muda a orientação do para paisagem, para assistir a vídeo, irá ouvir a maior parte do som sair da lateral do aparelho, onde está a porta, fazendo com o que o som fique pouco desajustado.

Tamanho é importante: a maneira que a tela maior do funciona – especialmente quando o aparelho é utilizado no modo paisagem – também foi a surpresa. As configurações, e-mail e apps da função iPod, em particular, são muito mais fáceis de usar do que no iPhone e iPod touch, porque você consegue encaixar mais elementos de interface na tela, o que leva a muito menos manobras de voltar a página, por exemplo.

A tela detona nos games: outra área em que a tela maior do paga dividendos é nos games. a coisa é dizer que o é “iPod touch aentado”; e é outra bem diferente realmente jogar game no novo aparelho.

A tela maior não significa apenas que você pode ver mais do seu jogo, quer dizer que toda a interface de controle pode ser radicalmente alterada. Com o iPhone e o iPod touch, os criadores de game tinham de apertar os controles em espaço pequeno; a maior interface do novo tablet permitiu-os oferecer mais botões, mais controles e, dessa maneira, tarefas mais complicadas.

resident-3.jpg

A tela maior facilitou a vida dos criadores e jogadores de games

Dois gêneros em particular serão mais bem servidos no : jogos de estratégia e jogos de tiro em primeira-pessoa. A tela maior permite a visão maior do campo de jogo e ao permitir que os jogadores controlem o zoom, eles poderão comandar grupos maiores de tanques, verem mais partes do mapa, e ter controle mais exato do campo de jogo.

Atiradores em primeira pessoa jogam melhor no aparelho porque a interface é simplesmente menos confusa. Esse gênero é também dos mais intensos graficamente, e até agora os games que fizeram a transição ficam melhores no . Mais importante, eles também jogam melhor.

Não se mova: falando em orientação, nós damos dois “vivas” e meio para a lock screen de orientação (paisagem ou retrato) localizado na lateral do tablet. Agora que já ficamos acostados com a chave que muda o modo de visão do , sem importar como ele está posicionado, nos perguntamos a razão desse recurso não ter sido colocado antes no iPhone.

Por que não três “vivas” completos? Porque, diferentemente do iPhone, em que o design do aparelho torna mais fácil dizer se o botão Home está do lado esquerdo ou direito da tela, no é com esquecer para que lado você virou, fazendo com que, dessa maneira, você não saiba onde a chave de orientação está.

Controles do teclado: mudando para observações “obscuras-mas-legais”, a coisa legal quando se usa teclado externo (Bluetooth ou dock) é que muitos dos comandos do teclado que você usa para criar caracteres estranhos no seu Mac – ©?¡™£¢?¢, por exemplo – também funcionam com o . Da mesma maneira, os comandos para cortar, copiar, colar, e selecionar texto (Shift mais setas) também funcionam com conectado ao teclado.

E as decepções
Quando você sugere, como a Apple fez repetidas vezes, que aparelho possui a certa quantidade de mágica, você cria expectativas muito altas. Faça isso, falhe ao colocar essa mágica em todos os lugares, e os considores encontram falhas. Como nós fizemos nos tópicos a seguir.

Só a conta: a tela grande e sua interface sensível a toque fazem com que o aparelho seja parceiro ideal para tarefas realizadas por toda casa – ler livros, utilizar softwares educacionais, navegar na Web, checar e-mail, jogar games. Isso torna o tablet tentador para todos na casa.

Mas isso revela dos defeitos do . Você não pode criar mais de a conta de usuário ou configurações para grupos. Dessa maneira, todos têm acesso a todas as contas de e-mail, à Web, e assim por diante. Seria ótimo se a lock screen permitisse que você entrasse com códigos diferentes – para o pai , outro para mãe, outro para as crianças – cada fornecendo diferentes tipos de acesso e de configurações.

Espaço desperdiçado na tela Home: a tela de entrada clama por melhorias. Muitos dizem que é desperdício de espaço ter a tela tão grande com ícones pequenos e espaçados. Pior ainda, o número de ícones dos apps em cada linha muda quando você troca do formato retrato para paisagem, ou vice-versa, por isso todos os ícones, menos – o app do canto superior esquerdo – muda de lugar quando é mudada a orientação do tablet. Se você normalmente usa o aparelho no modo retrato e de repente troca para a tela Home quando o está na horizontal, será preciso caçar por aí o ícone que estava na segunda posição da terceira linha.

stand.jpg

O espaço da tela inicial poderia ter sido melhor aproveitado

Coloque trabalho nesse espaço: levando as coisas passo adiante, as pessoas pediam por botãozinho para mudar a orientação da tela no iPhone – a tela facilmente customizável com a agenda do dia, novas mensagens de e-mail, espaço constante para as músicas sendo tocadas no iPod, e talvez ou dois espaços para notificações.

É algo que os smartphones têm feito há séculos (e que esperamos que apareça de surpresa no vindouro iPhone OS 4.0, como a das atualizações de melhoria que ocasionalmente aparecem no lançamento final).

Todo o tamanho da tela do aparelho mostra que são necessárias opções de customização para a lock screen. Papéis de parede gigantes são lindos, mas também significam monte de espaço que poderia ser usado para mostrar informações úteis sem me obrigar a desbloquear a tela, e abrir cinco apps diferentes, só para checar o que há no meu dia.

As notificações também parecem desperdício, do modo como estão sendo executadas. Nós realmente precisamos de caixas de diálogo  que ocupam a tela toda? E se você tem monte delas, elas ficam o tempo todo trocando de lugar.

O iTunes no : enquanto a App Store torna mais fácil buscar por apps que foram atualizados para, ou feitos especialmente para o tablet, fica parecendo que a Apple esqueceu de atualizar o iTunes nesse meio tempo.

Se você abrir a tela principal Apps (clicando em Apps na barra lateral do iTunes), escolher View -> By List, e então habilitar a coluna Kind (escolhendo View -> View Options),  será possível ver quais apps estão otimizados para – mas essa não é tarefa exatamente legal para o usuário fazer. Pior, são exibidas ainda menos opções quando você escolhe a aba “for your ” em Apps. Em outras palavras, quando seu tablet está conectado e você está escolhendo quais apps vai sincronizar, não há como ver quais estão otimizados para o aparelho.

Da mesma maneira, quando você sincroniza seu com o iTunes, o programa sincroniza automaticamente todos os apps que você adquiriu desde a última sincronização; seria bem interessante se você pudesse dizer ao iTunes sincronizar apenas os novos apps otimizados para o tablet.

As páginas do Safari: o navegador da Apple permite que você abra até nove páginas de a vez, mas em razão da memória limitada do , muitas vezes o Safari não conseguirá manter aberto o conteúdo de todas as páginas; quando você trocar de página, o browser provavelmente tentará atualizá-la. Isso pode ser frustrante, especialmente se você carregou várias páginas para leitura offline – você provavelmente ficará com páginas em branco.

Abas perdidas do Safari: Aproveitando que estamos falando do Safari, por que é que o  Atomic Web Browser pode utilizar abas, mas a Apple não trouxe esse recurso para o seu próprio navegador móvel? Em muitas situações, as abas são bem mais convenientes do que as páginas web que o Safari fornece.

Ops!: Com certeza o é estiloso, mas ele também é escorregadio. O case da Apple traz mais segurança para segurá-lo, mas também o torna mais pesado. Algas alças colocadas estrategicamente poderiam ajudar.

O peso: Com quase  700 gramas, o aparelho é certamente mais leve do que laptop. Novamente, é rara a pessoa que segura notebook nas mãos enquanto está usando-o.

Em muitos casos você pode colocar o em seu colo ou usá-lo apoiado em a mesa. Mas e aquelas pessoas que gostam de ler na cama? Não que nenh de nós sente corretamente na cama para ler nossos livros edificantes. Mas, se como muitas pessoas, você encosta sua cabeça em ou dois travesseiros e segura o livro à sua frente com seus braços levantados até o cotovelo, é provável que fique cansado depois de ou dois capítulos.

O Ilinado: A tela do pode ser bastante brilhante e, dessa maneira, superar a reflexão  refletivo. Mas nem sempre. Em vídeos e apps com fundos escuros ou quando estiver lendo algo em lugar aberto com sol, o reflexo da tela pode ser distrativo.

Os limites da conexão sem fio: Não nos entenda mal – nós gostamos da conexão sem fio do tablet, assim como o modelo apenas com a opção Wi-Fi será perfeito para muitos usuários. Mas…

Já houve tempos em que nós estávamos fora e “realmente” precisávamos de alga conexão em rede, só que não havia Wi-Fi para ser encontrado. Muito da força do depende de sua capacidade de ficar online – por isso, se limitar apenas à conexão Wi-Fi pode ser chato, especialmente se há algo que você queira fazer (ou alguém que você quer impressionar) que precise de a conexão em rede.

Muitos membros da equipe da Macworld estão ansiosos para que chegue sexta-feira, quando poderão trocar seus tablets por modelos equos com 3G com contrato da AT&T, que pode ser cancelado a qualquer momento; nós achamos que mais do que apenas alguns leitores também estejam sentindo o mesmo.

Palavra final
A Apple nos disse muitas vezes que o foi desenvolvido como aparelho feito para ficar entre o iPhone e o MacBook. Dada sua natureza, a pessoa razoável poderia esperar surpresas – para o bem e para o mal. Dito que muitas das nossas ressalvas sobre o tablet são baseadas em aplicativos e design do sistema OS, temos esperança que as soluções para as nossas dores de cabeça serão realizadas em atualizações futuras.”

Fonte: MacWorld em http://macworldbrasil.uol.com.br/reviews/2010/04/29/teste-um-mes-de-ipad-boas-surpresas-e-algumas-decepcoes/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s